Projetos de Pesquisa (por linha de pesquisa)

LINHA 1: DIMENSÕES TEÓRICAS E PRÁTICAS DA PRODUÇÃO ARTÍSTICA.

Projeto: Operações de desmantelamento da representação: o informe na obra de Hans Bellmer.

Professor Alexandre Rodrigues da Costa

Resumo: O objetivo deste projeto é analisar de que maneira o conceito de informe, que o pensador francês Georges Bataille define em seu dicionário crítico e explora ao longo de sua obra, pode ser aplicado à obra que o artista plástico alemão Hans Bellmer produziu a partir década de 30. Mais especificamente nos deteremos nas fotos que o artista alemão fez de suas bonecas, buscando apreender de que maneira elas transgridem a concepção do corpo naturalista, perfeito.

Projeto: O conceito de desarticulação no discurso cinematográfico: filmes experimentais de Guy Maddin, Elias Merhige e Bill Morrison.

Professor Alexandre Rodrigues da Costa

Resumo: Este projeto tem como objetivo analisar de que forma as obras dos cineastas Guy Maddin, Edmond Elias Merhige e Bill Morrison abrem possibilidades de se pensar e conceber o cinema não apenas como narrativa, mas também como uma estrutura que se volta contra o pacto que se estabelece entre a vida do espectador e aquilo que se projeta na tela. Esses três cineastas encaram a montagem, o enquadramento, as atuações, enfim, tudo o que leva o espectador a ver no cinema uma continuidade de sua própria realidade, como uma maneira de desarticular o discurso cinematográfico. Assim, ao nos determos nos filmes desses três cineastas, temos o objetivo de analisar a forma como a manipulação da película cinematográfica se revela e desmitifica um tipo de cinema amparado nas ilusões que são oferecidas ao espectador. Nossa pesquisa, portanto, busca questionar o cinema através da maneira como esses cineastas trabalham com o fotograma, pois há, em seus filmes, a consciência de que o espectador pode se libertar das experiências condicionadas pelo cinema tradicional.

Projeto: A Curadoria de arte na criação de narrativas contemporâneas

Professora Celina Figueiredo Lage

Resumo: A pesquisa visa o exame de conceitos e noções ligados à curadoria de arte do ponto de vista autoral, tendo em vista a construção de narrativas na contemporaneidade. Sob a influência do primado da imagem e da cibercultura, tendo em vista que os significados das obras são abertos e múltiplos, propõe-se contribuir para repensar os conceitos de autoria, de recepção, de poética, hospitalidade (DERRIDA, 2003), campo expandido e hibridismo. No plano analítico, busca-se dar conta de diferentes procedimentos adotados em projetos curatoriais, em contextos diversos. Pressupõe-se que a ação curatorial na atualidade possui um campo de atuação ampliado, o que suscita novas reflexões.

Projeto: A espacialização da música de concerto – o cravo e a flauta

Professor Felipe de Oliveira Amorim

Resumo: Partindo da perspectiva da performance criativa, o projeto propõe viabilizar a espacialização da música acústica solista através de meios eletroacústicos.  Intenção é retomar a prática da espacialização do período polifônico, em que as vozes eram colocadas em ponto distintos da sala, sejam igrejas, palácios ou ao ar livre, porém com a música sendo produzida por um só músico. O cravo, instrumento polifônico, terá seu som captado por quatro microfones. Este som captado é analisado espectralmente, de forma a avaliar quais notas incidem em quais microfones. Este mapa gerado serve de referência para o módulo espacializador que recebe informações do módulo de acompanhamento da partitura em tempo real indicando para o computador em que parte da música o intérprete está. Espera-se como produto final a apresentação de obras barrocas para cravo e flauta, as quais serão ouvidas pela plateia, espacializadas quadrifonicamente.

Projeto: Ópera: processos de instrumentação e orquestração

Professor Guilherme Silveira do Nascimento

Resumo: O presente projeto visa realizar um levantamento dos procedimentos instrumentais contemporâneos e uma pesquisa das resultantes de combinações timbrísticas originais como pontos de partida para a transposição da ópera, recém-composta, para o meio orquestral. A presente pesquisa traz os seguintes enfoques metodológicos: analítico-musical – análise sistemática de dez das principais óperas da segunda metade do século XX (Stravinsky: The rake’s progress, 1951; Britten: Billy Budd, 1951; Prokofieff: O anjo de fogo, 1954; Bernstein: Candide, 1956; Zimmermann: Die Soldaten, 1965; Henze: Die Bassariden, 1966; Penderecki: Die Teufel von Loudun, 1969; Ligeti: Le grand macabre, 1978; Berio: Un re in ascolto, 1984; Birtwistle: The mask of Orpheus, 1986), buscando enfatizar processos composicionais e orquestrais originais; relações texto/música e texto/orquestração; particularidades timbrísticas; procedimentos instrumentais; extended technique; enfoque composicional: revisão completa da ópera e verificação de sua adequação aos resultados da pesquisa; enfoque orquestral: transposição da ópera para o meio orquestral.

Projeto: A curadoria vista na sua relação com a tecnologia digital: o espaço expográfico como fliperama

Professor Pablo Gobira

Resumo: Este projeto tem como hipótese as diferenças entre os espaços expográficos que envolvam peças digitais (tanto arte digital quanto as que fogem ao escopo da arte) e os espaços expográficos tradicionais. Quais as especificidades necessárias para a expografia de peças digitais? Que problemas decorrem do nivelamento entre o que é arte e o que é comunicação nos espaços expográficos que envolvem peças digitais? A metodologia envolve entrevista (questionário semiestruturado) com curadores de espaços expositivos de Belo Horizonte/MG.

Projeto: Preservação e memória da arte frente à volatilidade: estabilidade x instabilidade na arte digital.

Professor Pablo Gobira

Resumo: Este estudo tem como objetivo  contribuir com subsídios para a preservação de acervos de arte digital. Visa estabelecer conceitos e colocar em debate os problemas de conservação, tendo em vista as condições de efemeridade das obras de arte digital. Desse modo, pretendemos compreender suas condições de obsolescência e os problemas ligados a expografia e participação nas coleções de museus e instituições culturais.

 

LINHA 2: PROCESSOS DE FORMAÇÃO, MEDIAÇÃO E RECEPÇÃO.

Projeto: Paisagens sonoras de Belo Horizonte (1940-1970): uma análise comparativa  a partir de obras do Acervo de Partituras da Rádio Inconfidência.

Professor Fabio Henrique Viana

Resumo: Considerando Paisagem Sonora como aquilo que o ouvido apreende de um lugar e a música como o melhor registro de sons do passado (SCHAFER, 2001), pretende-se estudar paisagens sonoras de Belo Horizonte entre as décadas de 1940 e 1970. O conceito de paisagem sonora abrange desde os sons da natureza até aqueles produzidos pelo homem e também pode ultrapassar o campo auditivo, valendo-se da memória. Os ambientes sonoros urbanos serão analisados a partir do levantamento de documentação variada (jornais, relatos, literatura, imagens etc.) e comparados com músicas do Acervo de Partituras da Rádio Inconfidência. Espera-se contribuir para a percepção da paisagem urbana na época, bem como dos modos de vida e de perceber o espaço e o tempo.

Projeto: Processos de mediação em instituições culturais como experiência da alteridade.

Professor José Márcio Pinto de Moura Barros

Resumo: Esta pesquisa buscará analisar de forma comparativa, as concepções e práticas de mediação no Instituto Cultural Inhotim e no Museu de Arte do Rio, de forma a compreender como práticas curatoriais e educativas promovem ou não a diversidade cultural, na medida em que promovem articulações entre ações e representações de diferentes temporalidades e matrizes culturais dos diferentes sujeitos envolvidos (artista, publico, educadores, curadores e gestores). A mediação é aqui entendida como uma atividade de produção de sentidos. Ou seja, um conjunto de ações que configuram o espaço simbólico e representativo da emissão, recepção e resposta social. Se através da linguagem se faz a transição do sensível para o inteligível, por meio da mediação, o trânsito entre o eu e o outro se realiza. Mediação refere-se, portanto,  à circulação de sentidos nos sistemas culturais, operando o percurso da espera pública para o espaço singular e individual e vice-versa. Trata-se aqui de se perguntar sobre os processos de mediação em instituições artísticas e culturais e sua capacidade de se configurar como espaço para a experiência da alteridade.

Projeto: Escutas mediadas e ampliadas: Um estudo para o desenvolvimento de propostas metodológicas para a educação musical no ensino médio.

Professora: Helena Lopes da Silva

Resumo: O projeto parte da constatação sobre a estreita relação que os jovens mantém com a música principalmente por meio da atividade de escuta. Tem como objetivos mapear as qualidades das escutas musicais nos jovens, elaborar estratégias pedagógicas para ampliá-las e avaliar a eficiência das mesmas. Busca-se contribuir para a estruturação de uma abordagem metodológica para a educação musical no ensino médio. A mediação no contexto do projeto se dará através de atividades em sala de aula, em salas de concerto e em outros espaços de educação não-formal.

Projeto: Conhecimento incorporado na música e dança: tecnologias de representação e análise intertextual do movimento e som.

Professor Luiz Naveda

Resumo: O objetivo deste projeto é propor novas formas de representação e análise que permitam observar o cruzamento das modalidades de dança e música em determinados fenômenos culturais. As tecnologias utilizadas nestas representações se fundamentam nas capacidades de representação da multimídia computacional, sistemas interativos e técnicas de visualização de dados. As fontes de análise serão estruturadas sobre descritores de movimento e som presentes na literatura das ciências cognitivas e sobre estado-da-arte das tecnologias de captura e análise de movimento e som. O campo de estudos de caso engloba os fenômenos culturais intertextuais, sobretudo as manifestações presentes nas culturas coreográficas e musicais populares e tradicionais. Setores de impacto incluem as áreas de acervos de dança e música, arte digital e patrimônio imaterial.

Projeto: Mediação em Artes Visuais: uma análise de materiais educativos produzidos por museus, centros culturais e bienais          .

Professora Rachel de Sousa Vianna

Resumo: O estudo parte da análise de conteúdos e processos de mediação propostos por materiais educativos produzidos por museus de arte e centros culturais localizados em Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, bem como pelas Bienais de São Paulo e do Mercosul.  O foco da investigação será os materiais educativos destinados a professores e educadores. O primeiro referencial parte da leitura cuidadosa do material levantado, buscando identificar nesse conjunto características comuns que indiquem tendências em relação a conteúdos tratados, tipos de obras selecionadas para estudo, apresentação e justificativa de diretrizes pedagógicas. O segundo referencial terá como base a revisão da literatura sobre mediação e a apreciação de obras de artes visuais. O estudo busca contribuir com subsídios para a utilização e desenvolvimento de novos materiais educativos nos processos de mediação em artes visuais.