Apresentação

A proposta do Programa de Pós-Graduação em Artes na Universidade do Estado de Minas Gerais é fruto da produção artística e científica realizada na Escola Guignard e na Escola de Música, fundada necessidade de diálogo entre os dois campos de conhecimento, artes visuais e música. 

O corpo docente reúne doutores das áreas de música, artes visuais, educação, história, letras e comunicação dedicados à diversos projetos de pesquisa que incluem temas relativos à correspondência interartes, processos de mediação e recepção, curadoria, arte e tecnologia, diversidade cultural e metodologias de ensino em arte. 

Mestrado Strictu Sensu em Artes

A proposta de abertura de um Curso de Mestrado em Artes na Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG é fruto de uma trajetória significativa de produção artística e científica que vem sendo realizada na Escola Guignard e na Escola de Música dessa universidade, e em especial, de uma vontade coletiva de diálogo entre os dois campos de conhecimento, artes visuais e música. Baseado em uma visão contemporânea sobre o hibridismo inerente aos processos artísticos e formativos na área, o curso aqui proposto está em consonância com a concepção de interdisciplinaridade explicitada no Documento 003/2012 da área de Artes/Música da CAPES, segundo o qual “o fundamental das propostas interdisciplinares são os processos mentais que supõem o entrecruzamento de disciplinas”, provocando “novas formas de pensar” a partir da “tensão criativa produzida pelas diferenças”.

A implantação desse programa tem como função primeira qualificar profissionais para atuarem no campo do ensino e da pesquisa acadêmico-científica. Portanto, o Mestrado em Artes da UEMG contribuirá para o fortalecimento e a continuidade das investigações acadêmicas que vêm sendo realizadas na Escola Guignard e na Escola de Música, bem como para a solidificação de determinados campos de conhecimento que se encontram em plena expansão e que estabelecem interface com a arte.
A diversidade de formação do corpo docente, que reúne doutores das áreas de música, artes visuais, educação, história, letras e comunicação, se reflete no caráter interdisciplinar do conjunto de projetos de pesquisa que sustentam esse projeto, incluindo temas relativos à correspondência interartes, processos de mediação e recepção, curadoria, arte e tecnologia, diversidade cultural e metodologias de ensino em arte.  Essa composição interdisciplinar orientou a criação de duas linhas de pesquisa, a saber: 


Linha 1: Dimensões teóricas e práticas da produção artística
Linha 2: Processos de formação, mediação e recepção

Pensadas como formas complementares de atuação e pesquisa, as linhas propostas estabelecem, de um lado, a arte do ponto de vista dos processos criativos e das teorizações sobre o objeto artístico, e de outro lado, a arte vista a partir dos processos formativos e de recepção, abarcando tanto a educação em espaços formais como não formais e informais. O programa apresenta uma estrutura flexível, estabelecendo um número reduzido de disciplinas obrigatórias, o que permite ao aluno adquirir uma formação básica como  pesquisador em Artes e conhecer teorias fundamentais para sua linha de pesquisa. Por outro lado, através de disciplinas optativas, será possível que o aluno trace um percurso formativo personalizado, que seja coerente com seus objetivos acadêmicos e profissionais.
 
 
 

Sede do PPGA

Certificação:

  • Curso aprovado em 2015
  • Avaliação CAPES nota 4 (em 5)